5 dicas de livros para ler na quarentena

O isolamento social provocado pela pandemia do novo Coronavírus traz consigo, muitas vezes, um sentimento de solidão, principalmente para quem mora sozinho. A leitura pode ser uma boa atividade para ocupar o tempo e se desconectar das preocupações. Confira a seleção que separamos para você embarcar em uma viagem fantástica no mundo do conhecimento:

1. Viver para contar, de Gabriel Garcia Marquez

Publicado pela primeira vez em 2002, a obra é um emocionante relato do Prêmio Nobel colombiano que retrata os anos de infância e a juventude de Marquez, momento em que iniciou o imaginário de suas narrativas.

2. De onde vêm as boas ideias, de Steven Johnson

Steven Johnson, formado em Semiótica pela Universidade Brown e em Literatura Inglesa pela Universidade Columbia, leva o leitor para uma reflexão sobre como surgem as boas ideias e sobre os ambientes em que elas nascem. Além de nos fazer refletir sobre diversas descobertas ao longo da história da humanidade, ele expõe determinados padrões dos processos que geram inovações.

3.  A Vida Secreta da mente, de Mariano Sigman

A obra faz um passeio pelo cérebro e pelo pensamento, para entendermos o que somos, como forjamos ideias nos nossos primeiros dias de vida, como modelamos as nossas decisões, como sonhamos e como imaginamos.

4.  A Fórmula da Felicidade, de Stefan Klein

O autor mostra que as principais descobertas da neurociência também têm um impacto significativo nas nossas emoções, num bom convívio social e no bem-estar. O livro mostra, de forma bem-humorada, como o bom funcionamento do cérebro é fundamental na busca da felicidade, tendo grande impacto nas habilidades socioemocionais.

5. Um Lugar Bem Longe Daqui, de Delia Owens

Entre os livros mais vendidos de 2019, Um Lugar Bem Longe Daqui conta a história de Kya, uma mulher que sofreu com uma família desestruturada e teve que aprender a se virar sozinha para comer, cuidar da casa, se sustentar e ao mesmo tempo lidar com uma vida de solidão e preconceitos. Uma história inspiradora pela força da protagonista, sua relação e respeito com a natureza e pela forma como ela lida com os relacionamentos.