Lazer contra o estresse

O dia foi curto e você precisou levar trabalho para a casa? Precisou desmarcar o pilates ou o Happy Hour com os amigos pois estava sem tempo? Faltou ao aniversário de um parente próximo por não conseguir chegar a tempo em casa? Não consegue tirar férias ou folgar no trabalho? Perde horas no trânsito e se irrita com isso? Tem medo de sair de casa e ser assaltado ou de ser vítima de algum tipo de violência urbana? Se você respondeu sim para mais de uma dessas perguntas, precisamos conversar.

Todas essas situações são vividas por pessoas que desenvolvem o estresse no Brasil, que é o considerado o segundo país mais estressado do mundo, perdendo apenas para os Japoneses. O trabalho é o responsável por 69% dos casos. Longas jornadas, sobrecarga e pressão são os principais motivos. Além disso, nove em cada dez brasileiros que estão no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade, dos leves aos mais impactantes e metade (47%) sofre algum nível de depressão decorrente do estresse no trabalho. Esses dados são da última pesquisa realizada pela International Stress Management Association (Isma – Brasil), no país.

O que é o estresse?

De acordo com especialistas, o estresse é uma espécie de resposta fisiológica e comportamental a algo que aconteceu ou que está para acontecer que subverte nosso equilíbrio ou que nos faz sentir algum tipo de ameaça. Quando essas situações são recorrentes, nosso organismo fica sempre em alerta devido às doses extras de adrenalina que ele libera. O resultado disso é um constante estado de luta ou de fuga que gera, a médio prazo, cansaço mental, alteração de humor, diminuição da produtividade, perdas significativas nas relações pessoais e na qualidade de vida. Nos casos mais extremos, pode desencadear transtornos de ansiedade e depressão. Por isso, é preciso estarmos atentos aos sinais do estresse e tomarmos as medidas necessárias para minimizarmos o problema.

Principais sintomas

Os sintomas são as formas que o nosso organismo encontra para nos dizer que alguma coisa está errada. No caso do estresse, esses sintomas podem ser divididos em dois grandes grupos: os sintomas mentais e os sintomas físicos. Entre os sintomas mentais, destacamos o cansaço mental, a perda de memória, a falta de concentração, apatia e desânimo, ansiedade, preocupação excessiva, alterações de humor, irritabilidade excessiva, inquietação psicomotora, sentimento de sobrecarga, solidão e isolamento, depressão ou tristeza, uso de café, álcool tabaco ou drogas para relaxar, entre outros. No que diz respeito aos sintomas físicos, podemos citar a sensação de cansaço, dores nas costas, dores musculares, diarreia ou prisão de ventre, dor na barriga, azia, pressão arterial alta, dor de cabeça, dor no peito, aumento da frequência cardíaca, perda do desejo sexual, alergias constantes, alterações no apetite, perturbações do sono, desenvolvimento de tiques, queda de cabelo, manchas na pele, entre outros.

Como tratar

Não existe uma fórmula mágica ou um tratamento específico para acabar com o estresse. Falar em tratamento para este problema não é a abordagem mais adequada, já que o que conseguimos fazer é desenvolver mecanismos para o seu combate e alívio continuamente, gerindo sua presença de forma a garantir ganhos para a saúde e para a qualidade de vida.

As contribuições do lazer

Em situação de estresse, nosso cérebro fica em constante alerta, ocasionando desgastes que podem afetar diversos aspectos físicos e mentais. Por isso, é preciso recorrermos a atividades como as de lazer, que nos desconectam deste clima de tensão e que promovem o relaxamento. É interessante escolhermos uma atividade que nos permita esquecer, momentaneamente, o trabalho ou qualquer outro ambiente que gere estresse. Visitar amigos, jogar conversa fora, ir ao cinema, ir a um parque de diversões, desenvolver atividade física sem cobrança de resultados, ler, adquirir conhecimento em outra área, viajar em finais de semanas, feriados e férias e ir a um spa podem ser boas alternativas para o combate ao estresse.

Clube de Vantagens da Família e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.